Kategorie: crypto markets

Nervøse nybegyndere tager overskud, mens de langsigtede BTC-investorer er stærke

På trods af den kortsigtede Bitcoin-handel i januar er tegnebøger, der har været inaktive i mindst tre år, det største segment af BTC-indehaverne.

Langsigtede Bitcoin hodlers ser ud til ikke at sælge

Langsigtede Bitcoin hodlers ser ud til ikke at sælge på trods af 2021’s all-time highs, mens nervøse nybegyndere har taget overskud undervejs.

Ifølge Unchained Capital’s „Hodlwaves“ -diagram – som visuelt illustrerer den tid, siden BTC-tegnebøger sidst var aktive on-chain, har 2021 oplevet en stigning i både lang og kortvarig aktivitet.

Diagrammet viser antallet af mønter, der har bevæget sig inden for de sidste 30 til 90 dage, er på sit højeste niveau siden 2018. Disse adresser repræsenterer mere end 15% og er i øjeblikket det største segment af BTC-tegnebøger.

Bitcoin-tegnebøger, der har været inaktive i mellem tre og fem år, er i øjeblikket det næststørste segment, der repræsenterer 13,5% af alle adresser. Disse tegnebøger er også støt udvidet i antal i løbet af 2021, med tilskuere, der spekulerer i, at dataene kan afspejle et stort antal BTC-poseholdere, der købte i løbet af 2017-sæsonen og holdt igennem hele bjørnetendensen.

Mens andelen af ​​tegnebøger

Mens andelen af ​​tegnebøger, der ikke har været aktive i mellem fem og ti år, ser ud til at være faldet i løbet af det sidste år, er antallet af adresser, der har været inaktive i mindst et årti, steget fra ca. 1,7% for to år siden til 10,7 % i dag.

Den 11. marts delte CTO og medstifter af on-chain kryptoanalysefirma Glassnode, Rafael Schultze-Kraft data, der afslørede antallet af tegnebøger, der ikke har været aktive i de sidste tre eller flere år, er steget støt siden slutningen af ​​december.

1+ år hodlers: sælger
2+ år hodlers: sælger
3+ årige hodlers aka „været i et tyremarked før og ved, hvordan dette fungerer“: stabling af sats

Dataene viser imidlertid, at andelen af Bitcoin-tegnebøger, der har været inaktive i mindst 12 måneder, er faldet fra rekordhøjder på næsten 65% i januar til 55% i dag, hvor næsten halvdelen af Bitcoin-tegnebøgerne var aktive det sidste år.

Análise de preços 7/22: BTC, ETH, XRP, BCH, BSV, ADA, LTC, CRO, LINK, BNB

Muitos altcoins poderiam ganhar impulso se Crypto Trader e Ethereum rompessem acima dos níveis de resistência chave nos próximos dias.

Desde Março, os bancos centrais têm vindo a imprimir dinheiro de forma agressiva para combater a recessão económica provocada pela pandemia do coronavírus.

Philip Lowe, o governador do Banco Central da Austrália, alertou para as consequências da expansão monetária ilimitada. Lowe disse que „não há almoço grátis“, e alguém tem sempre de pagar pela impressão do dinheiro „de uma forma ou de outra“.

A União Européia também concordou em um fundo de recuperação maciço de cerca de US$ 887 bilhões para impulsionar a crise social e econômica causada pela pandemia do coronavírus. Em resposta, o ouro voltou a atingir uma nova alta anual, o que mostra que a cada novo anúncio de estímulo, os investidores estão empilhados em ouro.

A maioria dos investidores compra ouro porque procura uma forma de preservar a sua riqueza contra a desvalorização das moedas fiat. No entanto, à medida que o ouro continua a subir, os investidores podem começar a procurar outros activos onde possam encontrar um valor considerável. É nesta altura que o Bitcoin (BTC) pode vir a ter um maior foco.

A próxima corrida de bull no topo do ranking de ativos do CoinMarketCap provavelmente será uma subida sustentada, ao contrário do rally vertical visto durante o mercado de bull anterior em 2017. Portanto, os investidores criptográficos devem ser pacientes com suas participações.

BTC/USD

Bitcoin (BTC) quebrou acima das médias móveis com um movimento de grande alcance em 21 de julho, o que sugere que alguns touros estão comprando agressivamente. Se eles puderem empurrar o preço acima da resistência imediata de overhead a $9.500, é provável que vários comerciantes à espera nas linhas laterais saltem para dentro.

Acima de $9.500, os ursos tentarão novamente empatar a subida na zona de $10.000-$10.500, mas se os touros conseguirem ultrapassar este obstáculo, é provável que haja uma nova subida sustentada.

O padrão de triângulo ascendente ainda está intacto, o que irá completar em uma quebra e fechar (tempo UTC) acima de $10.376,38. Este padrão tem um objectivo alvo de $11.870,50.

Ao contrário da suposição, se os touros não conseguirem impulsionar o preço acima de $9.500, o par BTC/USD pode cair novamente para a linha de tendência do triângulo. Uma quebra abaixo deste suporte irá invalidar o padrão de alta e pode resultar em uma queda para $8.800.

ETH/USD

Ether’s (ETH) up-move em 21 de julho levou-o perto da zona de resistência aérea de $249,195-$253,556. Se os touros puderem impulsionar o preço acima da zona, é provável que a próxima etapa da tendência de subida seja retomada.

O primeiro alvo é um rally para $288.599, que pode funcionar como resistência, mas se os touros conseguirem ultrapassar este obstáculo, o segundo classificado na CoinMarketCap é susceptível de estender o rally para $366.

Por outro lado, se os touros não conseguirem impulsionar o par ETH/USD acima de $254,556, é provável que mais alguns dias de ação com limite de alcance. A tendência vai virar a favor dos ursos se o suporte em $216,006 ceder.

XRP/USD

Os ursos tentaram novamente afundar o XRP abaixo das médias móveis em 20 de julho, mas os touros compraram o mergulho para a média móvel simples de 50 dias ($0,19), que mostra acúmulo em níveis mais baixos.

Atualmente, os touros estão enfrentando resistência na linha de baixa tendência, mas se eles puderem escalar o preço acima dela, a quarta classificação de moeda criptográfica na CoinMarketCap poderia começar sua jornada em direção à próxima meta de $0,214616.

O par XRP/USD está mostrando os primeiros sinais de formar um padrão inverso de cabeça e ombros, que irá completar em uma quebra e fechar (tempo UTC) acima da linha do pescoço a $0,21.

Ao contrário do que se supõe, se o par se virar para baixo em relação aos níveis atuais e cair abaixo de $0,188499, uma queda para $0,17 é possível.

BCH/USD

Depois de ficar perto dos níveis de $217,55 nos últimos dias, o Bitcoin Cash (BCH) saltou em 21 de julho, o que mostra algum acúmulo mais próximo a esses níveis. No entanto, os touros estão enfrentando resistência nas médias móveis.

Se os touros puderem empurrar a quinta posição da moeda criptográfica na CoinMarketCap acima das médias móveis, é possível uma mudança para $246. É provável que os ursos defendam este nível agressivamente.

Se o preço cair a partir desta resistência, o par BCH/USD pode permanecer na faixa entre $217,55 e $246. As médias móveis planas e o índice de força relativa próximo ao ponto médio também suportam esta visão.

Uma quebra acima dos $246 poderia mudar a vantagem em favor dos touros, enquanto uma quebra abaixo dos $217,55 poderia indicar que os ursos têm a vantagem.

BSV/USD

O fracasso dos ursos em capitalizar a quebra abaixo do suporte de $170 em 19 e 20 de julho atraiu a compra dos touros agressivos que empurraram Bitcoin SV (BSV) acima da linha de baixa em 21 de julho.

Agora, o ónus está nos touros para fazer uso desta oportunidade e levar a sexta posição de criptocracia na CoinMarketCap para a resistência aérea de 200 dólares. Acima deste nível, uma mudança para $227 é possível.

Em vez disso, se os ursos afundarem novamente o preço abaixo da linha de baixa, é provável que haja uma queda para $170. Ambas as médias móveis são planas e o RSI está próximo do ponto médio, o que sugere que a ação de limite de variação é provável que se prolongue por mais alguns dias.

ADA/USD

Cardano (ADA) saltou da média móvel exponencial de 20 dias ($0,116) em 21 de julho, o que é um sinal positivo, pois mostra que os touros estão comprando as quedas para níveis de suporte fortes, pois esperam que a tendência de alta seja retomada.

Uma quebra e fechamento (tempo UTC) acima do galhardete e a resistência de $0,1380977 sinalizará a possível retomada da tendência de alta. A sétima posição da moeda criptográfica na CoinMarketCap pode então subir para $0,173 e acima dela para $0,20.

Nesta etapa da subida que começou em 22 de abril, as recuadas para os 20 dias da EMA funcionaram como um bom ponto de entrada para os touros.

Esta visão positiva será negada se o par ADA/USD recusar e quebrar abaixo do EMA de 20 dias e o suporte de $0.11. Abaixo deste nível, uma queda para o SMA de 50 dias ($0,097) é possível.

LTC/USD

Litecoin (LTC) quebrou acima dos 20 dias da EMA ($43.13) em 21 de julho, o que mostra que os touros estão tentando fazer um retorno. O primeiro sinal de força será uma quebra e fechamento (tempo UTC) acima de $46 e o momento é provável que pegue acima de $51.

Se os touros não conseguirem impulsionar a oitava posição de criptocracia na CoinMarketCap acima de $46, os ursos farão outra tentativa de arrastar o preço para $39. Uma quebra abaixo desse suporte poderia iniciar uma nova tendência de queda.

Atualmente, ambas as médias móveis se achataram e o RSI está perto do ponto médio, o que sugere que o par LTC/USD pode estender sua permanência dentro da faixa por mais alguns dias.

CRO/USD

Crypto.com Coin (CRO) está enfrentando resistência a $0,1462, mas os touros não parecem ter pressa em registrar lucros, o que resultou em uma consolidação apertada, em vez de uma recuo para a EMA de 20 dias ($0,138).

Há um pequeno triângulo ascendente que se formou, que se completará em uma ruptura e se fechará (tempo UTC) acima da resistência aérea a $0,1462. O alvo padrão desta configuração é $0,15416.

No entanto, se a nona moeda criptográfica no CoinMarketCap falhar em quebrar ou se sustentar acima de $0,1462, isso poderia resultar em uma reserva de lucros que poderia arrastar o preço para baixo até a EMA de 20 dias. Uma quebra abaixo desse suporte sinalizará uma correção mais profunda para o SMA de 50 dias ($0,124).

LINK/USD

O Chainlink (LINK) está actualmente a tentar saltar a EMA de 20 dias ($6,9). Embora os touros tenham comprado a queda para este nível em 21 de julho, o ressalto não foi muito encorajador porque os touros não conseguiram manter os níveis mais altos, o que sugere que os ursos estão vendendo em comícios menores.

Se a moeda criptográfica do décimo ranking da CoinMarketCap cair abaixo dos 20 dias de EMA, isso irá sinalizar uma correção mais profunda. O próximo suporte no lado negativo é o nível de retração Fibonacci de 61,8% de $6,3298.

O primeiro sinal de força será uma quebra e fechamento (tempo UTC) acima da linha de tendência para baixo. Isto indicará que a correção de curto prazo pode estar chegando ao fim. A próxima tendência de alta é provável que comece após a quebra do par LINK/USD de $8,9080.

BNB/USD

Binance Coin (BNB) está enfrentando forte resistência na zona de 18,20 a 19 dólares, mas o positivo é que os touros não permitiram que o preço se mantivesse abaixo da EMA de 20 dias (17,23 dólares), o que indica uma demanda em níveis mais baixos.

O 11º classificado crypto-asset na CoinMarketCap tinha formado um padrão de candelabro de dia interior em 21 de julho, o que sugere indecisão entre os touros e os ursos. No entanto, com os 20 dias de EMA inclinados para cima e o RSI na zona positiva, a vantagem está com os touros.

Eles farão outra tentativa de escalar o preço acima da zona de resistência. Se bem sucedido, o BNB/USD pode começar uma nova tendência de alta que pode chegar a $22,93 e depois a $24. Há uma resistência menor a $21,50 mas isso é provável que seja cruzado.

Ao contrário desta suposição, se os touros falharem novamente em empurrar o preço acima da zona de $18,2-$19, pode atrair a reserva de lucros dos touros de curto prazo, o que pode resultar em uma quebra abaixo das médias móveis.

Was lehrt uns die Krise in Venezuela über die Zukunft von Bitcoin?

Die meisten unserer Leser haben wahrscheinlich von der schrecklichen wirtschaftlichen, politischen und sozialen Krise gehört, die Venezuela derzeit plagt. Verurteilung der Bevölkerung des karibischen Landes, unter solch grundlegenden Mängeln bei der Versorgung mit fließendem Wasser, Strom und Bitcoin Era Verkehrsmitteln zu leiden. Ein weniger analysierter Aspekt ist jedoch, was uns die Krise in Venezuela über die Zukunft von Bitcoin lehrt.

Wie ist das Verhältnis der venezolanischen Bank BOD zu cryptomoney?

Der Nutzen von Bitcoin für die Venezolaner
Stellen Sie sich vor, dass von einem Tag auf den anderen der Wert der Währung Ihres Landes um die Hälfte reduziert wird. Plötzlich konnte man mit seinen Ersparnissen 10.000 Dollar kaufen, und am nächsten Tag kann man nur noch 5.000 Dollar kaufen. Aber das ist nicht das Schlimmste, denn nach ein paar Wochen kann man mit dem gleichen Geld nur noch 2500 Dollar kaufen. Und in einigen Monaten kann man nur noch 1.000, 100 und 10 Dollar kaufen.

Dieses erschreckende Szenario haben die Bewohner Venezuelas in den letzten Jahren erlebt. Mit dem Wertverlust der Währung dieses Landes, des Bolivar, von 6,30 Bolivar pro Dollar im Jahr 2014 auf derzeit 20.000.000.000 Bolivar pro Dollar. Dies trotz der Versuche der Regierung von Nicolas Maduro, diese Zahl durch die Streichung von fünf Nullen in der Währung handhabbarer zu machen.

mit Kryptowährungen bei Bitcoin Revolution

Daher ist es bei solch hohen Inflationsraten klar, dass es in Venezuela nicht rentabel ist, in der Landeswährung zu sparen. Sie kann in weniger als 24 Stunden die Hälfte ihres Wertes verlieren, wie dies in der Vergangenheit mehrfach geschehen ist. Ermutigung der Bevölkerung, nach Alternativen wie dem Dollar zu suchen, um ihre täglichen Geschäfte abzuwickeln.

Die derzeit weit verbreitete durch die Venezolaner wäre jedoch ein ernsthaftes Hindernis. Denn die Sanktionen, die die Regierung der Vereinigten Staaten gegen Venezuela verhängt hat, verhindern, dass die Bewohner dieses Landes problemlos Zugang zum internationalen Finanzmarkt haben. Darin liegt die Bedeutung von Bitcoin.

Die Krise in Venezuela und die Zukunft der BTC

Obwohl Unternehmen und Organisationen in Venezuela, insbesondere wenn sie in irgendeiner Weise mit der Regierung von Nicolás Maduro verbunden sind, ist es für sie schwierig, mit Dollars auf den internationalen Markt zu gelangen. Die Verwendung von Bitcoin hat nicht die gleichen Hindernisse wie die US-Währung.

Aus diesem Grund ist Venezuela in den letzten Jahren das lateinamerikanische Land mit dem höchsten Volumen an Transaktionen mit Bitcoin geworden. Die Einwohner des Landes gewöhnen sich an das Sparen im Kryptomoney, das eine viel höhere Stabilität aufweist als das Bolivar. Sie dienen daher als bessere Wertreserve und Tauschmittel.

Eine Strategie, die nicht nur für Einzelpersonen, sondern auch für große Organisationen nützlich sein könnte. Dies wird durch die Geschehnisse mit dem Gold Venezuelas bestätigt, das in den Tresoren der Bank von England deponiert ist und zu dem die Regierung Maduro keinen Zugang hat.

Und dies, obwohl die venezolanische Regierung mehrfach versucht hat, ihre in England gelegenen Goldvermögenswerte zu verkaufen, um zunächst die Auswirkungen der Wirtschaftskrise und später der Coronavirus-Krise zu mildern. Da die britische Regierung nicht Nicolas Maduro, sondern Juan Guaidó als Präsident von Venezuela anerkennt, hat die Bank von England die Verwendung von Gold durch die venezolanische Regierung abgelehnt.

BitFlyer Blockchain Unveils Voting Application for Virtual Shareholders‘ Meetings

The blockchain arm of Japan-based bitFlyer Holdings is introducing a new application for shareholder voting.

According to an announcement by bitFlyer Crypto Wealth, the new application, called bVote, is intended to allow Japanese corporations to hold general shareholder meetings without requiring anyone to physically attend.

By using bitFlyer, the application will be able to prevent vote forgery and manipulation and requires users to scan their My Number card (similar to the Social Security Number in the United States) for identification.

Microsoft’s ID system launches a beta version on the Bitcoin network
The company is supposed to test its technology at its own shareholders‘ meeting on June 26.

Using blockchain to prevent vote tampering

Speaking to Cointelegraph Japan, Yuzo Kano, CEO of bitFlyer Blockchain, said that without blockchain technology, it is impossible to have a fair virtual shareholders‘ meeting.

„Covid19 is being a catalyst and accelerator of the digital transformation processes in companies“, Juan Martinez, CEO of Eurogestion
Kano stated that legitimate shareholders should be able to exercise their voting rights while ensuring that „there is no manipulation of the vote and its aggregation process“.

A fair shareholders‘ meeting also requires the ability to ensure that proxy forms are not manipulated in general or by a third party. Kano continued:

„It is impossible to change the records in blockchain and all interested parties can verify them. You can also see how certain proxy forms were exercised in the past in blockchain. Since the same electronic signatures are used every time, it is obvious if some third party uses a new one.

Chinese shareholders do not want to share their personal data with government blockchains

On the transparency of the voting process, Kano said that „since all the results of the vote are recorded, we can always come back and check them later if there is a manipulation“.

The company has not yet received any concrete inquiries about bVote, but Kano expects demand for the application to grow as people’s lifestyles change and remote working and digitization accelerates due to the coronavirus pandemic.

On June 8, Coincheck, bitFlyer’s rival in Japan, announced that it has begun considering providing services to corporations for virtual shareholder meetings. Coincheck also aims to use blockchain to reduce the risk of manipulating voting rights, but full details of the offer have not yet been disclosed.

100 popular crypto currencies explained in 4 words or less

100 popular crypto currencies | Crypto currency or digital currency is an invention of the Internet. Basically someone out there thought, „Hey, what if we can create a system where money is not geographically tied, like on the Internet, for example“ and lo and behold, now we have over 3000 crypto currencies in circulation.

100 popular crypto currencies: is Ethereum code your favorite?

Not all crypto currencies are the same. Some have amazing properties like this https://www.onlinebetrug.net/en/ethereum-code/. Some were even created as a joke. Others were part of a sophisticated Ethereum code pyramid system. Some are quite useless, because they are also perceived as worthless. Because we should not forget one thing: „Each crypto currency is only as valuable as the value assigned to it by a mass audience.“

As with all other assets (think of stocks or real estate), the price can rise and fall quickly, resulting in very volatile and risky investments. Here are a handful of the popular crypto currencies and what they are known for in 4 words or less.

Note: The ranking on the BildS was taken from newline

Bitcoin: Digital Gold
Ripple: payment processing system for companies
Ethereum: Programmable Contracts and Money
Tether: Price = 1 USD
Komodo: Decentralized ICOs
Steem: Reddit Voting with Money
Golem: rent computers of other people
Basic Attention Token: Decentralized Ad Network
Can Bitcoin survive in the future?
S & P Global Ratings published a report on Monday 19 February entitled „The Future Of Banking: Cryptocurrencies Will Need Some Rules To Change The Game“. It describes the possible outcomes for global financial markets in terms of the actions of crypto markets.

Although the crash at the beginning of February appeared to be synchronous in both the traditional markets and the crypto markets, Mohamed Damak, Senior Director for Senior Financial Services at S&P, does not see this correlation as meaningful, CNBC reports:

„For now, a significant decline in the market value of crypto currencies would still be too small to disrupt stability or affect the creditworthiness of the banks we rank.

According to the S & P report, unlike banks, retail investors would be hit hardest in a crypto crash:

„We expect the rated banks to be largely isolated as their direct or indirect exposure to crypto currencies appears to be limited.